Alguns países exigem visto para permitir a entrada de turistas brasileiros. O visto é uma autorização prévia de embarque para o país de destino, emitido pela representação do país no Brasil, seja consulado, embaixada ou um escritório de representação, que normalmente é registrado no próprio passaporte. O visto não é garantia, no entanto, de entrada no país. A permissão de entrada somente é dada pelo serviço de imigração no ponto de entrada do país, quando também é definido o período de permanência. Este período não tem correspondência com o período de validade do visto.

O turista deve entrar em contato com a representação diplomática mais próxima do país que deseja visitar, para saber se é ou não exigido visto de entrada. As agências de viagem também podem informar. É importante conferir também qual o prazo necessário para tirar o visto, para não deixar para a última hora.

Se o local exige visto e não há embaixada, consulado ou qualquer outro tipo de representação daquele país no Brasil, recomenda-se que a pessoa viaje para o país mais próximo de seu destino original, para tentar tirar o visto lá.

Países da União Européia, como França, Itália e Inglaterra, não exigem visto de brasileiros. Outros países, como Estados Unidos, Japão e Austrália, e a maioria dos do Leste Europeu (com exceção da Polônia), exigem visto.

No caso dos Estados Unidos, o visto concedido tem validade de até dez anos, dependendo do perfil do turista. O viajante que estiver interessado em obtê-lo pode ir até uma agência ou despachante credenciado pelo Consulado dos EUA ou ainda a representação diplomática deste país responsável por sua área de residência. Se aprovados pelo corpo consular, os vistos são emitidos em até 15 dias úteis depois do pedido. O prazo oficial, divulgado no site do consulado, é de dez dias, mas é melhor contar com um certo atraso, evitando deixar tudo para a última hora.

Uma observação muito importante é que, mesmo portando o visto dado no Brasil, o turista poderá ser barrado pelo Serviço de Imigração ao desembarcar no aeroporto norte-americano. Isso acontece, muitas vezes, quando o motivo e duração de viagem explicados pelo viajante para tirar o visto não coincidirem com o que ele diz ao agente de imigração no momento do desembarque.

Outro motivo que leva os agentes a impedirem a entrada do turista nos EUA é a constatação de que a documentação apresentada no momento do desembarque, como passaporte e visto, é falsa.

Para maiores informações, visite o site do Consulado Americano:www.consuladoamericano.org.br

Artigos relacionados
O documento básico para viajar ao exterior é o passaporte. Regra geral, o país de destino costuma exigir validade mínima deste documento seja de seis meses. Tam...
Leia Mais [+]
Geralmente, a carteira nacional de habilitação é aceita na maioria dos países. É preciso ligar para a representação diplomática mais próxima e se informar sobre...
Leia Mais [+]
Documentação dos pais (identidades e certidão de nascimento e casamento), junto com autorização para o menor tirar passaporte, caso o solicitante tenha menos de...
Leia Mais [+]