O preço para enviar bagagem desacompanhada, considerada “carga”, é bem mais barato, mas há o inconveniente de a mala não estar no mesmo vôo que o do passageiro. Não há limite de peso para a bagagem desacompanhada. A taxa cobrada para que ela seja enviada depende dos valores estipulados pelo país de destino.

Por exemplo: se o consumidor quiser despachar uma bagagem de 50 quilos de São Paulo para Nova York, vai desembolsar US$ 3,79. Já de Nova York para São Paulo uma bagagem com o mesmo peso custará US$ 5,83 – isso porque a taxa por quilo estipulada pelo Brasil é mais alta do que a dos Estados Unidos.

Então, se o turista está com excesso de bagagem, uma boa saída é enviar uma mala de roupas e coisas pessoais, como livros, como bagagem desacompanhada.

Artigos relacionados
É aconselhável levar na viagem os remédios de uso habitual, pois muitas vezes eles não são encontrados no local ou têm nome comercial diferente do usado no Bras...
Leia Mais [+]
Vôos longos, apertados, em que os passageiros permanecem imóveis nos assentos, podem até matar. O risco é que seja desencadeada a “síndrome da classe econômica”...
Leia Mais [+]
Muitos países exigem certificado de vacinação internacional contra algumas doenças. A recomendação é que o turista sempre entre em contato com o consulado ou em...
Leia Mais [+]