O turista deve trocar seu dinheiro por outras moedas aos poucos, à medida do necessário. Desta forma se evita fazer trocas sucessivas, o que aumenta o custo da viagem, porque, a cada operação de câmbio, o turista perde um valor relevante, a título de comissões.

As trocas de moedas estrangeiras por reais na volta ao Brasil devem ser feitas por operadores credenciados pelo Banco Central. Para obter informações, basta ligar para as Centrais de Atendimento do Banco Central ou gratuitamente para 0800- 99-2345.

Algumas instituições cobram comissão para efetuar operações de câmbio, por traveller check ou transação. Por isso, é importante que o cliente se informe da possibilidade de a instituição cobrar ou não comissão, e calcule o custo total da troca considerando também este gasto.

Dica: As instituições que fazem câmbio não costumam aceitar moedas metálicas para a troca.

Artigos relacionados
Valem algumas dicas sobre como funciona o mecanismo de câmbio, e os riscos que as oscilações cambiais podem trazer. Veja abaixo: Não deixe para comprar a moeda...
Leia Mais [+]
Quem compra moeda estrangeira em papel-moeda (espécie) corre maiores riscos de ser roubado ou receber notas falsas, especialmente em negócios com pessoas não-au...
Leia Mais [+]
As normas cambiais não impõem limites para compra de moeda estrangeira em casos de viagens ao exterior. No entanto, de acordo com a resolução 2.524 do Banco Cen...
Leia Mais [+]